Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

Tomás Sivera apresenta 'Aire de Fum' no Centro de Arte Oficina Ivars em Benissa

Informação
Data de início: Dezembro 05 2019
Data de finalização: Janeiro 04 2020
Tipo de eventoExposição
Lugar: Oficina do Centre d'Art Ivars de Benissa
Programar: Abertura do dia 5 às horas 20: 30. Visitas de terça a sábado, de 18 a 20: horas 30
Entrada: Grátis
Evento terminado

As obras de Tomás Sivera, pintor artístico de Xàbia, mais uma vez cobrem as paredes de uma nova sala de arte. Desta vez, é o Centro de Arte Oficina Ivars de Benissa, localizado na Praça Alemã Ivars. Um imenso local que abrigará as coleções do pintor xabiero, trabalhos feitos com a técnica Fumagem e que tanto sucesso que eles estão dando.

Sob o título, Fum air, Tomás Sivera mostrará aos participantes suas pinturas nas quais o desenho se destaca como uma mancha escura (feita com a técnica de Fumagem) em uma superfície polida e brilhante. Essas criações, baseadas nas próprias idéias de Sivera, deram a ele vários prêmios nos últimos dois anos na grande maioria das competições apresentadas: Medalha Honorária no XVIII Salão de Inverno de Barcelona (2017), Primeiro prêmio no XXXV Concurso de Pintura S.Soria Vila de Benissa (2017), Menção Honrosa no XLI Concurso Nacional de Pintura Vila de Pego (2017), Menção Honrosa no XLII Concurso Nacional de Pintura Vila de Pego (2018), Segundo prêmio XXXIX Apresentador da competição de minicumber da cidade de Elda (2018), Primeiro prêmio no XLIII Concurso Nacional de Pintura Vila de Pego (2019) y Primeiro prêmio Dénia Marina em Escultura (2019).

Coleção 'Deslocamentos' e todos os trabalhos incluídos no catálogo 'Fum air' Pode ser visto a partir desta quinta-feira, dezembro, 5, no Centro de Arte Workshop Ivars e até janeiro 4. A inauguração será no mesmo dia 5 no horário 20: 30 e o horário de visitas durante o mês da exposição é de terça a sábado, do horário 18 ao 20: 30.

Note-se que 'Aire de Fum' é o mais recente catálogo editado por Tomás, que reúne textos de críticos de arte conhecidos: Román da Calle, Javier Díaz Guardiola, Horacio Fernández, Nicolás Sánchez Durá, Fuensanta Niñirola.

Deixe um comentário

    26.954
    1.739
    5.272
    456
    Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.