Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

O que preocupa os cidadãos de Xàbia sobre seu município?

15 Março 2022 - 13: 39

Há cerca de seis meses, o Círculo de Podemos Xàbia lançou uma pesquisa para descobrir quais eram as preocupações e preocupações dos cidadãos para melhorar o município. As 12 perguntas da pesquisa foram respondidas por 236 pessoas, que contribuíram com suas opiniões sobre diversos temas.

Após a análise dos dados, o que mais chama a atenção, segundo o porta-voz do Podemos, Bernhard Feiner, é que os entrevistados manifestaram seu desconforto com a falta de iluminação e manutenção das vias nas áreas de urbanização. “Normalmente estamos nos centros urbanos e vemos suas deficiências, mas desconhecíamos a grande carência de serviços nas áreas de urbanização”, indica o porta-voz da formação roxa.

Feiner salientou ainda que os dados do inquérito evidenciam uma grande preocupação com a habitação, com 51% dos votos, (o seu preço elevado nesta zona e a dificuldade de acesso, sobretudo dos jovens), bem como a construção massiva na localidade monopolizando 79% dos votos. A este impacto soma-se a preocupação com o meio ambiente; os pontos sobre o mar, a costa, o lixo ou os incêndios supõem uma média de 60% de preocupação entre os cidadãos, ou seja, mais de metade dos inquiridos quer uma solução para este facto.

Outro fato que chama a atenção é que quase metade dos pesquisados, 49,8%, acredita que há pouco emprego qualificado na localidade. Da mesma forma, os transportes públicos e a falta de atividades de lazer para os jovens entre os 12 e os 17 anos é outro dos problemas em que os cidadãos pedem uma melhoria.

Os resultados completos do inquérito aos cidadãos podem ser consultados em este link.

Análise abrangente do Podemos Xàbia

A partir do Círculo de Podemos, a avaliação dos dados é a seguinte: "Estamos surpresos que haja três vezes mais respostas na versão inglesa do que na versão valenciana, mesmo assim, os resultados coincidem em sua maioria, exceto nos campos de habitação , trabalho qualificado e limpeza".

  • preocupação habitacional: os resultados são muito diversos: 75% valenciano (VA), 58% espanhol (ES), 26% inglês (IN).
  • Meio ambiente: É a maior preocupação de todos os troços, com construção maciça (79%), seguida de mar e litoral (71%), também um dos valores mais elevados.
  • emprego qualificado: consenso de que não há emprego altamente qualificado, 113 votos contra 40 (ignorando as avaliações indefinidas 5 e 6). Aqui está a segunda dissonância entre ES/VA e IN: em ES/VA 55% acreditam que não há trabalho suficiente (contra 16% que acreditam que há), em IN é 38% (contra 27%).
  • Emprego público ou terceirização: Existe um amplo consenso de que o emprego municipal é preferido à contratação externa, 114 votos contra 62 (ignorando as avaliações indefinidas 5 e 6).
  • em preocupação com o modelo de turismo destacam-se a saturação das ruas e os possíveis danos ao meio ambiente, seguidos pelo aumento dos preços (60%), sazonalidade do trabalho (52%), os últimos números só superam 50% no ES e VA.
  • Consenso muito amplo também sobre a necessidade de melhorar a transporte público: média de 78%, o segundo maior valor da pesquisa.
  • Não tão amplo, mas também consensual (62%) sobre a necessidade de melhorar playgrounds, ação que felizmente já foi empreendida pelo consistório.
  • Há mais disparidade de critérios oferta de lazer de acordo com as idades, embora seja considerado pela maioria (50,4%) que é insuficiente na faixa etária entre 13 e 17 anos.
  • A terceira maior concordância (73%) na necessidade de melhoria na ajudar os idosos e
    dependentes.
  • Uma média de 64% acha que deveria haver mais bolsas para aulas e atividades extracurriculares, sendo a surpresa que na versão em inglês essa necessidade seja sentida mais forte (72,2%) do que nas outras duas versões.
  • 59% das pessoas pesquisadas veem a necessidade de um atenção redobrada aos sem-abrigo.
  • E por fim, quando perguntado limpeza, manutenção e aspecto geral da nossa querida cidade, o ranking é o seguinte: nesta seção deve-se notar que as pessoas que responderam em inglês percebem o mar, as praias e o litoral muito mais limpos do que os pesquisados ​​em valenciano e espanhol.
12 Comentários
  1. NomeNãoObrigatório diz:

    Talvez fazer algo sobre os cães deixados nos terrenos das vilas vazias que latem dia e noite 24 horas por dia, 7 dias por semana ~ denuncia?, é mais fácil dizer do que fazer quando os donos das vilas nunca estão lá. Só ouvimos latidos, constantes e há 5 anos que moro aqui, está enlouquecendo minha família, não podemos abrir as janelas à noite por causa do barulho. Se eu pudesse, baniria completamente os cães e os idiotas que os deixam latindo e choramingando. É nojento como as pessoas continuam aqui, foda-se este lugar, é um lixo e todas as pessoas se preocupam com gatos e cachorros, muitos gatos selvagens, todos eles precisam de tiro. Dê-me uma arma, eu faço isso e atiro nos ladrões que roubam o cobre para iluminação pública, os bastardos. Estamos vendendo e fugindo desse lixão chamado paraíso. Meio milhão de euros para uma casa SEM PAZ!!

  2. animar diz:

    Deixe todos os mosquitos morrerem. Deixe-os fumigar agora!

  3. Angel Hernandez diz:

    Acredito que temos que conhecer melhor a nossa cidade para poder aproveitá-la e cuidar dela.

  4. Pedro Diaz Manjon diz:

    Eu acho que um tema que não é abordado e que é muito importante é o da saúde e da assistência médica, uma cidade que no verão tem quase tantos habitantes quanto Denia e tem 0 hospitais e quatro ambulatórios e temos um ambulatório em que esmaga a equipe que cuida dele com os mesmos meios de 3 anos atrás, ou seja, nenhum, sem raios-X ou ultra-sons e não vamos falar de ressonância magnética, nem leitos de atenção primária e mas quantas urbanizações são atualmente em construção 40, 15,20 ou mais, quantas mais pessoas virão a ser mal atendidas em nossa cidade, os senhores políticos pensaram em algum momento, não.

    • Anthony diz:

      Falta iluminação, calçadas, passadeiras, limpeza,... fora da zona urbana, porto e restinga.
      Serviços puramente africanos com impostos nórdicos para essas áreas.

  5. preocupado diz:

    Bem, preocupa que uma gangue de incompetentes, demonstrada, esteja assumindo Jávea.
    Que são incapazes em dez anos de resolver a questão de saneamento do Município.
    Que continuem cobrando uma fortuna para se livrar de nós.
    É preocupante ver o prefeito e sua jaqueta posando quando Jávea se parece com Benidorm dia a dia.

    • anônimo diz:

      Nem isso, até Benidorm é mais bem cuidado que Xàbia, é uma pena

      • preocupado diz:

        É verdade, dou um mau exemplo.
        Somos como uma cidade esmagada pelo Urbanismo Feroz, pela MANUTENÇÃO NULA e pelo descaso insultante por parte da nossa Câmara Municipal.
        Espero que esteja claro agora.

    • Pedro Diaz Manjon diz:

      Já é o cúmulo da estupidez e pouca vergonha reconhecer que parte dos políticos que fazem parte do governo, quer dizer o governo, que não conhecem as urbanizações do termo Javea, então o que eles se dedicam a jogar parcheesi , queremos ver Aos políticos nas ruas, praças, urbanizações, queremos uma reunião semanal nas plenárias da prefeitura para que possamos ser ouvidos e saber como nosso dinheiro é gasto e ouvir planos reais para nossa cidade, todos incluídos, e participar de suas aprovações.

  6. anônimo diz:

    Li as respostas e estou surpreso que de quase 30.000 habitantes apenas 236 responderam, ou não foi bem divulgado ou as pessoas não estão preocupadas com seu futuro. Concordo com a maioria das respostas, mas acho que na última seção, onde as pessoas deixaram seus comentários, o número 17 é o que melhor se encaixa no que considero necessário, mas o resto também foi muito bom

  7. Vecino diz:

    “Geralmente estamos em centros urbanos e vemos suas deficiências, mas desconhecíamos a grande carência de serviços nas áreas de urbanização”, indica o porta-voz da formação roxa.

    Normal, se você não sair das cavernas em que está, como vai saber como é Jávea?
    Todas as partidas, se você não andar por Jávea, não verá a bagunça que é.
    Você tem que sair um pouco mais da sua zona de conforto, políticos, e conversar com seus vizinhos e tentar resolver os problemas cara a cara.

    • Ignacio diz:

      SE dizem que desconhecem os serviços nas Urbanizações, é que não sabem o que é Javea. Mas aí eles estão prometendo... pelo menos eles fizeram a pretensão de pedir.


28.803
1.972
8.829
770