Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

A Polícia Local de Xàbia realizou mais de 8.000 ações em 2020

Janeiro 13 da 2021 - 15: 45

A Polícia Local de Xàbia fechou seu relatório anual. Um balanço com as intervenções realizadas no município que, como era de se esperar, está marcado pela crise da Covid e pelo controle das medidas de prevenção que vêm sendo adotadas pelas diferentes administrações.

O Boletim de Ocorrência de 2020 registra um total de 8.174 ações ante as 7.081 realizadas em 2019, o que representa um aumento de 16%. Este aumento pode ser atribuído diretamente à pandemia, uma vez que o órgão local levantou 898 atos de infração por diferentes violações na prevenção contra a Covid: 545 deles são arquivos dirigidos ao Ministério do Interior de pessoas que quebraram as restrições do Estado de Alarme e os outros 353 por violar as medidas que marcam os diferentes decretos regionais aprovados desde este verão na prevenção de contágios (a maioria deles por não usar máscara (236), mas também por não respeitar medidas de higiene (45) ou hora de recolher (56)).

Relativamente às infrações classificadas como graves, existem 6 hoteleiros que não cumpriram o distanciamento em instalações e terraços, 4 por organização de festas privadas ou eventos que envolvam lotação, um por ultrapassagem de lotação, dois por celebração de atividades proibidas e outras duas por não atenderem às condições sanitárias. Há também uma reclamação por quebra do isolamento doméstico.

Quanto aos serviços não ligados à Covid, o bloco que mais cresceu é o relacionado com perturbações na vizinhança por ruído (1.200 exigências), incidentes marítimos, incêndios e reclamações administrativas. Foram realizados 3.113 atendimentos, ante 2.181 no ano passado. Dos autos de denúncia abertos pela Polícia, 297 estão diretamente relacionados a infrações à portaria de segurança e convivência pública (garrafas, barulho ou consumo de álcool ou drogas em vias públicas).

Os números mais em linha com a média são os acumulados por serviços relacionados com circulação e trânsito (1.822 serviços), saúde, assistência social, menores ou animais (1.416) e os relacionados com a segurança do cidadão diminuíram ligeiramente (1.698) .

A Sede da Polícia Local agradece a todos os agentes pelo grande esforço e dedicação ao serviço demonstrados durante um ano muito complicado em que - para além das suas funções habituais - tiveram que assumir o controlo e vigilância de todos os regulamentos anti-Covid , adaptar turnos e serviços à situação de saúde e compensar a redução da força de trabalho experimentada pelas recentes aposentadorias.

O mordomo-chefe José Antonio Monfort, destacou o papel desempenhado pela polícia na crise de saúde fora de controle, tanto a nível informativo como social, desde o atendimento telefônico para esclarecimento de regulamentos até a distribuição de material de proteção, apoio para tarefas extras de limpeza ou escolas com a distribuição de tarefas escolares.

Deixe um comentário

    28.141
    1.936
    8.334
    605
    Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.