Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

'O século Balenciaga' seduz uma média de 250 visitantes por dia em Xàbia

07 Julho 2022 - 14: 29

A exposição 'O século Balenciaga' decolou fortemente em Xàbia. De acordo com dados coletados pelo Departamento de Cultura, as salas onde esta interessante exposição está exposta estão recebendo uma média de 250 visitas por dia desde que foi inaugurada na última sexta-feira, uma ótima recepção que demonstra a atração e validade do artista basco.

Com curadoria de Pedro Usabiaga, 'El Siglo de Balenciaga' é uma viagem no tempo e obra da grande lenda do nosso país no mundo da moda. Ficará em cartaz até 30 de setembro e, graças ao patrocínio da Câmara Municipal, o acesso é totalmente gratuito.

A exposição está distribuída em três espaços:

  • Soler Blasco Museu (Calle Primicias, 1), onde se recordam as suas origens e primeiros trabalhos
  • .

  • Lambert Arts Center (Calle Mayor, 40), neste espaço são revistos os seus anos dourados com objectos, fotografias, pinturas e peças representativas da sua obra (casacos, vestidos de dia e de cocktail, vestidos de noite e vestidos de noiva).
  • Casa del Cabo (Paseo Marina Española, 6) descobre seu legado e os caminhos percorridos por seus principais discípulos (Felisa Irigoyen e José Luis Molina, Villahierro, Ungaro, Courrèges ou Givenchy) após o fechamento da casa Balenciaga.

Esta exposição faz parte da programação dedicada a Cristóbal Balenciaga pela Javea Câmara Municipal em comemoração do 50º aniversário da sua morte durante uma das suas habituais estadias de desconexão e descanso no concelho. No último sábado, vozes renomadas ligadas ao mundo da moda também se encontraram em um dia
Monográfica sobre a figura de Balenciaga na qual participaram Pedro Usabiaga, Amalia Descalzo, Mariu Emilias, Javier Martín e Ramón Tabares Ozcariz, Lola Gavarrón ou o conhecido designer Lorenzo Caprile.

Neste fórum também houve uma mesa redonda repleta de testemunhos interessantes. Entre eles, o de Miguel Cardona, um taxista de Xàbia que da noite para o dia se tornou o motorista pessoal de Balenciaga, e passou de dirigir por Xàbia no início dos anos 70 para dirigir a Mercedes do grande mestre da costura pelas ruas mais seletas de Madri ou Paris.

Cardona narrou emocionado como foi aquela experiência -que ainda hoje recorda com muito carinho- de passar alguns meses ao serviço de Balenciaga, a quem pôde conhecer em sua faceta mais íntima e a quem acompanhou literalmente até sua morte (foi aquele que o levou ao hospital onde morreu).

Todas as conferências deste simpósio podem ser vistas no canal do youtube da prefeitura.

1 Comentário
  1. INFORMAÇÃO diz:

    Acho que esses turistas não conhecem o cachimbo MERDA na praia do Arenal.
    Eu te digo, sim, o cachimbo está lá, mas quem toma banho lá não sabe de nada.


28.803
2.031
9.411
810