Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

O Grupo Portitxol Danse de Xàbia publica seu terceiro álbum 'Bona Gent'

30 Outubro 2023 - 09: 27

O Grupo Portitxol Danse de Xàbia publicou o seu terceiro álbum, denominado 'Bona Gent'. Esta foi gravada ao vivo no dia 18 de junho de 2023 na Plaza de la Iglesia de Xàbia, com a colaboração do Grup de Danses Font Santa de Teulada, e narra a passagem de San Vicente Ferrer pelas terras da Marina Alta, e seus milagres .

Com este novo projecto, o Grupo de Dança Portitxol continua a trabalhar com a ideia clara de preservar as músicas e danças tradicionais que sempre se dançaram em Xàbia e La Marina. O principal objetivo é valorizar, promover costumes e tradições transmitidas pelos nossos antepassados, bem como recuperar as danças e cantos da nossa região e também de outras regiões valencianas.

Alguns dos seus membros pertencem à associação há mais de 50 anos, que sob diferentes nomes escreveram a história da música tradicional em Xàbia. O grupo de dança tem uma grande fábula, que é abastecida pela nossa escola com pólvora e espinhos, que reúne os alunos mais novos, para continuarem a preservar este tesouro.

A escola de dança tem gerado um grande grupo de bailarinos que desempenham uma tarefa variada no coletivo, danças de rua, danças escolares e também dão vida aos Colla de Nanos, personagens míticos que sempre participam dos desfiles e danças rituais. Portitxol dulzainas e percussão.

Em 1998 o grupo iniciou a tarefa de divulgar a dulzaina e o tabal, formando uma escola que se tornou o grupo de dulzainas e percussão tocando nossos instrumentos tradicionais na rua.

As atividades organizadas periodicamente pelo Grupo Portitxol incluem a Dansà del Carrer Nou, que se dança ininterruptamente desde 1992, o Encuentro de Rondalles desde 1992, as Danças Corpus desde 1998, o Aplec de danças tradicionais desde 1998 e os Tradidanses desde 2014 (com apresentações por Pep Botifarra, Vanesa Muela, Josep Aparicio Apa, os Irmãos Penalba...).

No que diz respeito aos espetáculos de palco, desde 2006 o grupo dinamarquês tenta fundir tradições com novas propostas de palco. Destes podemos destacar a Cenografia (2006), (2010), Variações (2012), Cantor e Dança em Estellés (2013), Vestir e Cantar à Velha (2016), Poetas nossas danças nossas (2017), Uma herança herdada tesouro (2019), Butifarra con Gang (estreia em 2019), El dulzainero del Portitxol (2022), Canciones de la Marina (2022) e Bona Gent (2023).

Deixe um comentário

    28.803
    0
    9.411
    1.010