O CD Jávea sofre mais com a conta para ganhar o Alcàsser CF

A terceira vitória consecutiva de CD Jávea Foi contra um time como Alcàsser, que se mostrou um time difícil e colocou os rojiblancos em um jogo difícil, principalmente após a expulsão de Paolo.

O jogo começou bem para os locais, que em apenas minutos do 20, tiveram três chances claras de inaugurar o placar. O primeiro, antes do minuto do jogo, em um passe perfeito de Panucci para Guerrero e ele não consegue colocar a bola na rede. O segundo também ficou claro em uma excelente jogada de Álvaro López à esquerda, ele deixa seu marcador e Panucci, com tudo a favor, lança por cima da trave.

A terceira ocasião clara foi em outro centro de Alvarito que Guerrero não consegue enfrentar a estrutura de Cantera. Após esses minutos do 20, o jogo declinou e nenhum dos times correu perigo para o gol adversário. No limiar do intervalo, os locais fizeram uma boa jogada com a bola de uma banda para outra, central atrás de Panucci, baleado por Álvaro López e Guerrero no gol marcado pelo 1-0.

O visitante responde em uma bola para a área que a bola sai ao lado do poste. Quando o árbitro decretou o intervalo, houve uma confusão entre vários jogadores com avisos para Guerrero e Paco para os moradores e Andrés para os visitantes.

A segunda parte foi muito mais chata, os locais tocaram e tocaram a bola em uma área de meio-campo, sem atingir o objetivo de Cantera. Quando os minutos do 10 se passaram, os locais tiveram um sério revés pela expulsão de Paolo, ele foi repreendido no primeiro tempo e, em uma briga na área, o árbitro mostrou a segunda carta e foi expulso. A partir deste momento, o técnico local, Juan Carlos Signes, fez uma mudança tática; Renzo entrou por Panucci e colocou Paco do centro à esquerda e Renzo assumiu o lugar de Paco como uma faixa à esquerda.

Os visitantes tentaram se aproximar do objetivo de Edu, mas sem sucesso. No minuto 80, parecia que os locais sentenciaram o jogo em uma penalidade lançada por Guerrero que colocou o 2-0. Foi uma jogada de Ayoze à esquerda, ele deixou seu marcador e quando entrou na área foi derrubado por um zagueiro visitante, a emoção foi atingida por Alcàsser com um ótimo chute de Aliaga que bateu Edu baixo, foi o minuto 89 e chegou a hora de sofrer, os visitantes tiveram dois chutes nos cantos e pouco mais.

No final, a vitória sofreu com os moradores locais que foram capazes de sentenciar a partida no primeiro semestre e sofreram nos minutos de desconto.

Menção especial deve ser feita ao jogador local, Marcos, que entrou no César durante o intervalo, colocou a sanidade à frente da defesa e foi um jogador-chave na vitória local. Um jogador que merece mais minutos do que está jogando.

Alinhamentos

CD JÁVEAEdu, Ayoze, Cristian, Paolo, Paco, César (Marcos, 45 ′), Ferrán, Ramis (Álvaro Bernáldez, 65 ′), Álvaro López; Panucci (Renzo, 58 ′) e Guerrero (Rubén, 82 ′).

ALCÀSSER CF: Pedreira, Andrés, Pau, Edu, Adrián, Manolo (Marcel, 70 ′), Aliaga, Miquel (Marc, 76 ′),
Alex (Ojeda, 63 ′), Aguado (Rios, 58 ′) e Abarca.

Árbitros: Jorge Navarro, Darío García e Miguel Ángel Lillo. Eles advertiram Paolo duas vezes, expulsos no minuto 55 e Paco, Guerrero e o técnico local Juan Carlos. Pelos visitantes, Andrés, Aguado, Miquel e Edu.

objetivos: 1-0, minuto 40. Guerrero, 2-0, minuto 80, guerreiro da penalidade, 2-1, minuto 89, Aliaga.

artigos relacionados

Comentários sobre "O CD Jávea sofre mais do que a conta para ganhar o Alcàsser CF"

(Obrigatório)

26.478
1.709
4.933
446
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.