Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

Dois pódios para Pablo Ivars no Campeonato Espanhol de Ciclismo

Junho 06 de 2022 - 12: 25

No último fim de semana o ciclista xabienc Pablo Ivars Soler, pertencente à equipe Cala Bandida Equipa de Ciclismo, participou no Campeonato Espanhol de Ciclismo tendo conseguido subir ao pódio nas duas provas que se realizaram tanto em Contra-relógio Individual como Online.

No sábado, realizou-se o contrarrelógio do CRI na Marina Real de Valencia, local onde também se realizou o Campeonato da Europa de Triatlo em 2021 e reconhecido pelo seu circuito rápido que percorre a zona da Marina e parte do circuito da F1. O xabienc ficou em segundo lugar atrás do catalão Sergi Jurado, enquanto a terceira posição foi para o madrileno Marco Antonio Álvarez.

No domingo, realizou-se a prova da Rota na localidade de Torrent e arredores, onde se destacaram as altas temperaturas, que chegaram aos 41º, sendo decisivas para que Pablo alcançasse a terceira posição lutando no sprint juntamente com outro ciclista madrileno. Na primeira posição, Sergi Jurado de Lleida repetiu como vencedor, enquanto a segunda posição foi para Antonio Marín de Múrcia.

"Um fim de semana magnífico"

Pablo comentou que "foi um fim de semana magnífico e com resultados mais do que excelentes, subindo ao pódio em ambos os testes, no sábado gostei muito do ITT, que foi o teste que mais me agradou, enquanto ontem domingo no teste de estrada eu sofreu muito com o calor e a alta umidade, mas muito feliz com o resultado final depois de brigar pelo bronze em um sprint onde as condições climáticas ao longo da corrida nos desgastaram muito como ciclistas, então, vendo a situação me salvei para atacar nos metros finais, atingindo o objetivo".

Com isso, o ciclista de Cala Bandida encerra seu primeiro bloco de competições, destacando-se pelo título de vice-campeão da Espanha na modalidade CRI depois de não conseguir terminar a mesma prova nos Jogos Surdolímpicos que foram realizados em maio passado no Brasil. “Tive o espinho no meu lado das Olimpíadas por não ter conseguido terminar o CRI, prova que preparei muito durante meses e que devido a um furo onde não foi permitida a assistência veicular não tive escolha a não ser desistir. Com os resultados deste fim de semana me senti glorioso e confiante para continuar competindo depois do longo trabalho feito até agora. Quero agradecer ao meu treinador Adrián Peris que depois de muitos anos trabalhando lado a lado continuamos a colher o sucesso e a minha família por me incentivar a continuar neste belo esporte".

Deixe um comentário

    28.803
    1.983
    9.290
    781