Jávea.com | Xàbia.com
Pesquisar um artigo

Cs Xàbia propõe descontar o ICIO para obter diferentes melhorias

05 Julho 2022 - 07: 52

Na sessão plenária ordinária realizada no Javea Câmara Municipal, o porta-voz da Cs, Enrique Escrivá, propôs ao executivo local que inclua uma série de bonificações na portaria fiscal reguladora do Imposto sobre Construções, Instalações e Obras (ICIO).

Incentivos para pontos de carregamento de veículos elétricos

Escrivá propôs que o executivo local aplique um bônus de até 90% do ICIO, que é beneficiado pelas empresas e pessoas físicas que decidem instalar pontos de recarga para veículos elétricos. Uma medida "para que Xàbia avance em termos de tributação verde, apostando em energias mais limpas e reduzindo
gases poluentes do veículo privado de combustão convencional, especialmente tendo em conta as deficiências que sofremos em Xàbia em termos de alternativas de mobilidade limpa, como a falta de ciclovias e um serviço de transporte urbano de ônibus deficiente e desatualizado”, destacou o prefeito .

Facilidades para PMEs que criam e mantêm empregos

Por outro lado, o porta-voz xabiero propôs que a Câmara Municipal desconte, por secções, essas novas PME nas obras, construções e instalações destinadas a implementar, estabelecer ou expandir a sua actividade empresarial, em função do número de postos de trabalho que comprovem que criará e manterá por pelo menos um tempo mínimo de, por exemplo, três anos.

Além disso, o prefeito propôs que a Câmara Municipal recompense as empresas e PMEs existentes, que comprovem que não reduziram sua força de trabalho nos dois anos anteriores. Assim, Escrivá tem defendido estes incentivos porque "com estes bónus do ICIO, passaríamos a mensagem de que Xàbia é um lugar para empreender, que está empenhado em promover a criação e fixação de emprego, ajudando a ajustar sazonalmente a economia e gerando riqueza ".

Obras bônus que favorecem o acesso e a habitabilidade de pessoas com deficiência

Com este bónus de até 90% do ICIO que a legislação estadual permite que as Câmaras Municipais apliquem nestes casos, Escrivá pretende que “a Câmara Municipal ajude a fazer as intervenções necessárias para que os lares onde residem as pessoas com deficiência sejam mais habitáveis ​​e acessíveis , Eles também são mais acessíveis e, com isso, continuam avançando no que diz respeito à remoção de barreiras, promoção da inclusão e igualdade de oportunidades”.

Deixe um comentário

    28.803
    2.030
    9.411
    810