Cristina Roselló põe uma medalha de prata e bronze no Triatlo Nacional

triatleta Cristina Roselló, pertencente ao Tri Infinity Mostoles, vem de competir e
acrescente à sua vasta palmares duas novas medalhas. O de Xàbia pendurado em volta do pescoço
medalha de bronze na modalidade individual, ao terminar na quarta posição do Campeonato Espanhol de Triatlo por equipes de Longa Distância. O segundo classificado como de nacionalidade portuguesa não pontuou.

O teste, realizado em Salamanca, teve um convidado que causou estragos, o calor forte, que obrigou a organização a avançar o início da corrida de meia hora, embora os participantes teriam apreciado que esse avanço tinha sido uma hora.

No primeiro segmento de natação, Roselló causou uma boa impressão quando saiu na quinta posição da água do rio Tormes, depois de completar um curso de duas pistas com medidores 1.500.

O xabienca chegou com muita vontade de pegar a bicicleta, na frente tinha 120 quilômetros para aproveitar um modo em que normalmente vai muito bem. Os participantes deram voltas 3 para um circuito de 40 quilômetros. Cristina Roselló começou a subir posições e foi colocada no terceiro absoluto.

Em todo o segmento de ciclismo ele foi acompanhado por um GPS que foi colocado pela Federação Espanhola de Triatlo para controlar a redação. Roselló completou a distância com uma média de 32,6 km / h e ele o fez na terceira posição.

Ele teve a última parte da corrida a pé ao longo da margem do rio. O de Xàbia começou a correr com cabeça, tentou dosar ao máximo seu esforço. A primeira volta dos quilómetros 11 correu bem, a segunda volta fatal. Ele começou a sofrer de dores de estômago que o fizeram parar, os géis que eles deram estavam quentes, a água dos refrescos também. Isso o fez perder a terceira posição e só o fato de abandonar passou pela sua cabeça.

O calor era desumano e a falta de força se refletia nela. «Completei a volta e não pude continuar», afirmou o triatleta, mas o humor de seu filho, a pressão e alguns companheiros de equipe o ajudaram. Ele optou por finalizá-lo para a equipe e fazer o último 11 km, adicionando um total de 33 km, 3 km a mais do que a organização havia marcado como início.

Cristina Roselló terminou a corrida com um tempo total de 7 horas e 41 minutos, embora leve tempo para esquecer o sofrimento causado pelos duros quilômetros 22 de corrida a pé, onde ela foi muito afetada pelo calor e altas temperaturas.

O saldo foi muito positivo para o triatleta Xabienca que terminou na quarta posição absoluta, apesar de ter sido uma medalha de bronze, já que os portugueses não contavam para a classificação final. Por equipes, juntamente com seus companheiros de equipe, Ana Caleya e Isabel del Barrio, ficou com o vice-campeão da Espanha Triathlon Long Distance.

Roselló agradeceu novamente o esforço e a ajuda que recebe de Bolsas Matties, Hotel Nou Romà, Rosso Rodas, Boronat Bicicletes e Quiromasajista Rafa, Nutrixxion e o Raconet. A atleta está agora preparando seu próximo e último compromisso, que será a Copa Espanhola de Triatlo de Distância Média, que acontecerá no 20 em julho na cidade aronesa de Mequinenza.

artigos relacionados

Comentários sobre "Cristina Roselló pendurou uma medalha de prata e uma de bronze no Triatlo Nacional"

(Obrigatório)

26.478
1.700
4.743
435
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.