Alunos da escola Benitatxell reivindicam igualdade com um curta-metragem de animação

Os estudantes da CEIP Santa María Magdalena utilizaram seu talento para reivindicar as relações sociais de maneira igualitária e respeitosa através de um curta-metragem intitulado Qui soc?, que eles próprios criaram e em que um robô humanóide aparece como uma atriz que anteriormente tinha que aprender a programar.

A iniciativa faz parte do projeto de inovação educacional "Agende seu trabalho", um projeto cujo objetivo é a realização de um curta-metragem com finalidade social que este ano cumpra sua VI edição e seja o
primeira vez acontece no centro educacional de Poble Nou de Benitatxell.

A história começa quando Leira, um aluno muito querido e grande líder na escola, se machuca jogando futebol e tem que perder aula por três meses. Em seu lugar vem Ariel, um robô humanóide que todo mundo despreza. Quando Leira retorna recuperada, eles a encontram triste. Ariel se foi. Eles descobrem que ambos eram a mesma pessoa. Um era adorado, outro era desprezado. Leira lhes dá uma lição humana muito importante: 'Tract tots como t'agradaria que et trataren to your'.

Uma história cativante e vingativa na qual os alunos aprenderam a programar o robô e programar os movimentos e diálogos para o curta-metragem. O projeto também envolve um trabalho artístico importante, uma vez que a ideia original, o roteiro, os personagens e os conjuntos dos três curtas-metragens foram criados pelos alunos do Centro Poblero.

Triagem do curta-metragem

O projeto começou em janeiro com a formação de professores envolvidos nesta iniciativa e conta com o apoio do Departamento de Educação da Câmara Municipal de El Poble Nou de Benitatxell. O curta-metragem
irá exibir pela primeira vez o 24 de Maio na Escola Superior Politécnica da Universidade de Alicante com curtas-metragens 24 mais do que outros centros educativos de Secundário e Primário da província de Alicante que também
Eles estão realizando o projeto com seus alunos.

Nesse mesmo dia, o evento Ecole Polytechnique também vai sediar o projeto educativo de construção de drones sociais, a Feira Aérea e MOMO, um projeto que envolve fazer um curta-metragem que liga eletrônica digital, stop motion e Impressão 3D. No total vai se reunir perto de 30 escolas secundárias e primárias na província de Alicante.

Deve-se notar que "Agende seu trabalho" Like The Air Fair e MOMO são projetos do caleidoscópio, start up da Universidade Miguel Hernandez e ter a cooperação de Alioth Arte e Ciência, Escola Politécnica de Alicante, da Universidade de Valência, a própria Universidade Miguel Hernández de Elche , da Universidade Autónoma de Madrid, Esperanza Pertusa a Fundação Gioseppo, o professor Centro de Formação do Ministério da Educação (CEFIRE) eo Centro Regional para o Conselho de Inovação e Educação Formação Madrid (CTIF).

artigos relacionados

Comentários sobre "Alunos da escola Benitatxell reivindicam igualdade com um curta-metragem de animação"

(Obrigatório)

26.478
1.710
4.935
447
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.